Notícias

Blancpain Sprint Series: BMW Team Brasil tem fim de semana para esquecer no Algarve

Uma corrida movimentada, com muitas trocas de posições. Assim foi a Corrida Principal do Blancpain Sprint Series, válida pela quinta etapa da temporada. A prova foi realizada neste domingo (7) no autódromo internacional do Algarve, em Portimão (Por). Para a equipe BMW Team Brasil o fim de semana todo foi complicado. Hoje, a dupla do BMW Z4 #0 tinha tudo para chegar ao pódio depois de largar da nona posição no grid, porém um problema inesperado com o sistema de partida rápida (quick launch) no pit stop, para troca de pneus e piloto, tirou as chances de Cacá Bueno e Sérgio Jimenez, que concluíram em 14º. No outro carro, um furo no pneu dianteiro, obrigou Matheus Stumpf ir para o box para troca-lo. Com isso a dupla do carro #30 terminou apenas em 16º. A vitória ficou com Maximilian Gotz/ Maximilian Buhk. A sexta e próxima etapa será nos dias 18 e 19 de outubro no circuito de Zolder, na Bélgica.

A corrida deste domingo começou movimentada no circuito português do Algarve. Com poucas voltas de bandeira verde um incidente envolvendo dois carros obrigou a entrada do safety car. Mas, o carro de segurança ficou pouco tempo nos 4,692 km do traçado. Com o reinício da prova, Cacá Bueno, do BMW Z4 #0, responsável por fazer a primeira parte da corrida, vinha em um ritmo muito forte e em pouco tempo estava em quinto lugar (depois de largar em nono). Matheus Stumpf, que saiu da décima posição, não estava com a mesma sorte, e bem no início da disputa precisou passar pelo box para trocar um pneu furado.

O ritmo da disputa era muito acirrado entre os 22 carros que largaram para a Corrida Principal do Algarve. Mas a liderança de Maximilian Gotz/ Maximilian Buh, assumida logo na largada, não foi ameaçada e a dupla da Mercedes SLS AMG #84 venceu com tranquilidade, depois de completar a corrida com 33 voltas, a 10s332 de vantagem para a dupla segunda colocada. A briga mesmo ficou com as demais posições. Tanto que o belga Laurens Vanthoor, que corre em parceria do brasileiro César Ramos, conquistou a segunda posição a poucas voltas do fim.

Na equipe brasileira, patrocinada pelo Banco do Brasil, a primeira parte da corrida foi animadora para o carro #0. Cacá Bueno fez uma bela prova. Ultrapassando concorrentes e conseguindo importantes posições. Tanto que na abertura da janela de pit stop, ele chegou a ocupar o terceiro lugar. Mas a felicidade do time verde e amarelo durou pouco, exatamente até a parada no box para troca de pilotos e pneus. Um problema inesperado no sistema de partida rápida (quick launch) do BMW Z4 #0 prologou por mais de 45 segundos a permanência do carro no box e tirou qualquer chance de Cacá e Jimenez brigarem por um lugar no pódio.

“Tivemos um problema durante o pit stop. O carro não ligava de jeito nenhum e não temos ainda a ideia do motivo. Uma pena, porque o carro estava bom e chegaríamos entre os quatro primeiros, com certeza”, lamentou o carioca Cacá Bueno.

“O carro não pegava. E ficamos 45 segundos parados no box. Perdemos muito tempo. Como não pegava de jeito nenhum, precisamos reiniciar o sistema todo. Uma pena, porque o ritmo era bom e brigaríamos pelo pódio. Muita pena mesmo”, disse Sérgio Jimenez, que agora está em sexto na tabela de classificação.

Já no carro BMW Z4#30, um furo de pneu tirou as chances da dupla formada por Matheus Stumpf e Nelsinho Piquet, ainda no início da prova. “Foi uma pena o pneu furado. O time trabalhou duro aqui e merecia um resultado melhor do que o 16º lugar. Poderíamos ter brigado, de novo, pelo top-10. Apesar disso, fico contente por ter voltado ao time e agradeço ao Antonio Hermann e ao Banco do Brasil”, comentou Nelsinho Piquet.

Resultado Corrida Principal: (top-10)
1 Maximilian Gotz/ Maximilian Buhk (HTP Motorsport Mercedes SLS AMG GT3), 33 voltas
2 Cesar Ramos/ Laurens Vanthoor (Belgian Audi Club Team WRT Audi R8 LMS Ultra), a 10.332
3 Hari Proczyk/ Jeroen Bleekemolen (Grasser Racing Team Lamborghini FLII), a 11.576
4 Fabian Hamprecht/Sebastian Ortelli (Belgian Audi Club Team WRT Audi R8 LMS Ultra), a 23.435
5 Roman Rusinov/Tomas Enge (G Drive Racing Lamborghini FLII), a 23.753
6 Enzo Ide/ Rene Rast (Belgian Audi Club Team WRT Audi R8 LMS Ultra), a 26.407
7 Nick Mayr-Melnhof/Markus Winkelhock (Phoenix Audi Audi R8 LMS Ultra), a 30.600
8 Alessandro Latif/ Marc Basseng (Phoenix Audi Audi R8 LMS Ultra), a 39.331
9 Alex Zanardi (Roal Motorsport BMW Z4), a 40.788
10 Fabio Onidi/Giogio Pantano (Bhaitec McLaren MP4-12C), a 43.264
14 Caca Bueno / Sérgio Jimenez (BMW Sports Trophy Team Brasil BMW Z4) a 1:02.213
16 Matheus Stumpf/ Nelsinho Piquet (BMW Sports Trophy Team Brasil BMW Z4) a 1:35.765

Classificação do Campeonato (após cinco etapas / dez corridas – top-10):
1 Maximilian Gotz (HTP Motorsport Mercedes SLS AMG GT3), 116 pontos
2 Maximilian Buhk (HTP Motorsport Mercedes SLS AMG GT3), 100
3 Hari Proczyk/ Jeroen Bleekemolen (Grasser Racing Team Lamborghini FLII), 90
4 Enzo Ide/ Rene Rast (Belgian Audi Club Team WRT Audi R8 LMS Ultra), 63
5 Cesar Ramos/ Laurens Vanthoor (Belgian Audi Club Team WRT Audi R8 LMS Ultra), 57
6 Cacá Bueno / Sérgio Jimenez (BMW Sports Trophy Team Brasil BMW Z4), 51
7 Dominik Baumann/ Thomas Jäger (BMW Sport Trophy Team Schubert BMW Z4) 45
8 Stephane Ortelli (Belgian Audi Club Team WRT Audi R8 LMS Ultra), 33
9 Mateusz Lisowski / Vicent Abril (Belgian Audi Club Team WRT Audi R8 LMS Ultra), 28
10 Nico Verdonck (HTP Motorsport Mercedes SLS AMG GT3), 25
14 Matheus Stumpf (BMW Sports Trophy Team Brasil BMW Z4), 14
16 Valdeno Brito (BMW Sports Trophy Team Brasil BMW Z4), 10
18 Nelsinho Piquet (BMW Sports Trophy Team Brasil BMW Z4), 4

  • Tags:
  • Compartilhamento:

Categorias

Visualizar notícias por: