Notícias

Erro de estratégia tira Axalta C2 Team do Top10 em Campo Grande

  • 13.09.2015
  • Categoria: Stock Car
  • Fonte: MS2 Comunicação Integrada

Pilotos da equipe paranaense optaram por troca de dois pneus na parada de box

A maior categoria do Brasil voltou neste domingo ao Autódromo Internacional de Campo Grande para a realização da nona etapa da temporada 2015. A Axalta C2 Team, uma das equipe que vem se destacando na competição em sua segunda temporada, tinha como meta colocar seus dois pilotos nas primeiras posições, mas um erro de estratégia acabou prejudicando o resultado.

Sergio Jimenez largou em sétimo na primeira corrida e, nas primeiras voltas, travou um belo duelo ultrapassando o pentacampeão Cacá Bueno, permanecendo na briga até a parar nos boxes. “Na primeira prova estava brigando entre o sexto e o nono colocado, mas cometemos um erro de estratégia. Escolhemos juntos e não foi ideal, trocamos dois pneus, então a gente perdeu o top10, que foi uma falha nossa. O ritmo era bom pra andar entre os seis primeiros, mas isso comprometeu inclusive a corrida dois. Vínhamos bem, quando tinha uma igualdade em sentido de pushs. Fizemos alguns pontos, colhemos informações importantes e conseguimos terminar as duas corridas, e isso é positive”, destacou o piloto do carro #73, da Axalta C2 Team, que finalizou a corrida 1 na 13ª posição e a 2 na oitava colocação.

Companheiro de Jimenez, o jovem Gabriel Casagrande, que correu pela primeira vez no Circuito Orlando Moura e fez jornada dupla correndo na Stock Car e no Brasileiro de Marcas, onde inclusive venceu a prova de sábado, lamentou alguns incidentes que prejudicaram seu desempenho. O paranaense finalizou a etapa em 18º e 14º, respectivamente.

“Eu cometi muitos erros no início da corrida que me custaram posições importantes e a gente acabou errando na estratégia do box. Trocamos os dois pneus, e isso me fez perder mais seis ou sete posições. Era pra estar brigando ali pelo décimo lugar pra tentar largar na frente na corrida dois. A gente tinha um bom carro, mas preso no pelotão não dá nem pra andar direito, então foi o que deu pra fazer, conseguimos alguns pontos. Agora é pensar na prova em Curitiba”, disse Casagrande.

Agora a Stock Car faz uma parada de mais de um mês e retorna no dia 18 de outubro, para a casa da C2 Team, em Curitiba.

Resultado da Corrida 1*:
1-) 80 Marcos Gomes (Voxx Racing Team) – 30 voltas em 47min59s761 (média de 131,7 km/h)
2-) 18 Allam Khodair (Full Time Sports) – a 1s840
3-) 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – a 10s347
4-) 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 10s347
5-) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 11s270
6-) 88 Felipe Fraga (Voxx Racing Team) – a 12s263
7-) 29 Daniel Serra (Red Bull Racing) – a 15s434
😎 65 Max Wilson (Eurofarma RC) – a 16s570
9-) 4 Julio Campos (Prati-donaduzzi) – a 16s850
10-) 0 Cacá Bueno (Red Bull Racing) – a 17s376
11-) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – a 17s376
12-) 77 Valdeno Brito (Shell Racing) – a 18s492
13-) 73 Sergio Jimenez (Axalta C2 Team) – a 24s765
14-) 51 Átila Abreu (AMG Motorsport) – a 25s986
15-) 110 Felipe Lapenna (Schin Racing Team) – a 28s937
16-) 1 Antonio Pizzonia (Prati-donaduzz)i – a 29s191
17-) 8 Rafael Suzuki (RZ Motorsport) – a 29s682
18-) 83 Gabriel Casagrande (Axalta C2 Team0 – a 30s857
19-) 70 Diego Nunes (Vogel Motorsport) – a 35s046
20-) 14 Luciano Burti (RZ Motorsport) 36s582
21-) 46 Vitor Genz (Boettger Competições) – a 51s705
22-) 26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) – a 1 Volta
23-) 9 Gustavo Lima (ProGP) – a 1 Volta
24-) 74 Popó Bueno (Total Racing) – a 4 Voltas
25-) 72 Fabio Fogaça (Hot Car Competições) – a 6 Voltas
26-) 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) – a 6 Voltas
27-) 11 Cesar Ramos (Total Racing) – a 8 Voltas
NÃO COMPLETOU 75%
28-) 12 Lucas Foresti (AMG Motorsport) – a 21 Voltas
29-) 2 Raphael Matos (Schin Racing Team) – a 21 Voltas
30-) 5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) – a 21 Voltas
31-) 25 Tuka Rocha (União Química Racing) – a 24 Voltas
32-) 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) – a 25 Voltas
Melhor volta: Allam Khodair, 1min26s713 (145,8 km/h)

*Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

Resultado da Corrida 2*:
1-) 88 Felipe Fraga( Voxx Racing Team) – 18 voltas em 27min26s476 (média de 138,3 km/h)
2-) 0 Cacá Bueno (Red Bull Racing) – a 0s553
3-) 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 1s190
4-) 111 Rubens Barrichello (Red Bull Racing) – a 1s571
5-) 65 Max Wilson (Eurofarma RC) – a 2s125
6-) 29 Daniel Serra (Red Bull Racing) – a 4s634
7-) 18 Allam Khodair (Full Time Sports) – a 4s634
😎 73 Sergio Jimenez (Axalta C2 Team) – a 5s170
9-) 77 Valdeno Brito (Shell Racing) – a 5s906
10-) 14 Luciano Burti (RZ Motorsport) – a 9s049
11-) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – a 12s696
12-) 80 Marcos Gomes (Voxx Racing Team) – a 13s668
13-) 51 Átila Abreu (AMG Motorsport) – a 14s420
14-) 83 Gabriel Casagrande (Axalta C2 Team) – a 15s608
15-) 26 Raphael Abbate (Hot Car Competiçõe)s – a 18s066
16-) 46 Vitor Genz (Boettger Competições) – a 18s712
17-) 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – a 19s019
18-) 8 Rafael Suzuki (RZ Motorsport) – a 24s259
19-) 9 Gustavo Lima (ProGP) – a 34s152
20-) 4 Julio Campos (Prati-donaduzzi) – a 3 Voltas
21-) 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) – a 4 Voltas
NÃO COMPLETOU 75%
22-) 74 Popó Bueno (Total Racing) – a 9 Voltas
23-) 110 Felipe Lapenna (Schin Racing Team) – a 10 Voltas
24-) 11 Cesar Ramos (Total Racing – a 11 Voltas
25-) 25 Tuka Rocha (União Química Racing) – a 12 Voltas
26-) 1 Antonio Pizzonia (Prati-donaduzzi) – a 14 Voltas
27-) 70 Diego Nunes (Vogel Motorsport) – a 17 Voltas
28-) 72 Fabio Fogaça (Hot Car Competições) – não largou
29-) 12 Lucas Foresti (AMG Motorsport) – não largou
30-) 2 Raphael Matos (Schin Racing Team) -não largou
31-) 5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) – não largou
32-) 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) – não largou
Melhor volta: Ricardo Maurício, 1min26s584 (146,1 km/h)

*Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

 

  • Tags: 9ª etapa, C2 Team, Campo Grande, Stock Car,
  • Compartilhamento:

Categorias

Visualizar notícias por: