Notícias

Mesmo com etapa complicada, Voxx Racing segue na briga pelo título da Stock Car com Jimenez

Era uma rodada para a equipe Voxx Racing se aproximar ainda mais dos líderes, já que os três pilotos que vinham a frente de Sergio Jimenez sofreram problemas hoje em Santa Cruz do Sul (RS), onde a Stock Car disputou a nona etapa da temporada. Mas uma largada tumultuada impediu o progresso da jovem revelação da categoria de 2013 que, em seu segundo ano na principal categoria do automobilismo nacional, briga pelo título competindo pela equipe mais jovem da Stock.

“Infelizmente situações com a de hoje na largada fogem do nosso controle. Infelizmente há alguns pilotos que querem ganhar tudo na primeira curva e acabam pondo tudo a perder. Larguei bem, freei e simplesmente me empurraram e, mesmo com o pé no freio, tive os dois radiadores dianteiros quebrados tamanho o impacto. Veio até gente pela grama me acertando do lado. Nosso final de semana foi prejudicado, mas, por sorte, os outros concorrentes também tiveram problemas e conseguimos até diminuir a diferença para o líder”, diz Jimenez, que tem 123 pontos na tabela, apenas 22,5 atrás do primeiro colocado, Átila Abreu.

O piloto da Voxx Racing marcou dois pontos ao chegar na 12a colocação na corrida 2 deste final de semana. “Agora é focar nas próximas três etapas para seguir sempre na luta pelo título”, diz o piloto paulista.

Para Denis Navarro, a frustração foi ainda maior, já que, com o acidente na corrida 1 ficou fora também da bateria 2.

“Larguei na 29a colocação e fiz uma boa largada, já dentro do top-20. Infelizmente recebi um toque bem na minha lateral e, com a pancada, tive avarias tão sérias que sequer era possível trazer o carro para o box. É uma situação complicada, e bem frustrante para mim e para o time, mas temos que levantar a cabeça e buscar a reação em Tarumã, onde costumo andar rápido e nossa equipe esteve bem em 2013”, diz Denis.

Este também é o desejo do chefe da equipe Voxx Racing, William Lube. “Hoje foi um final de semana bastante atípico para nosso time. Sequer tivemos trabalho de pit stop na corrida 1, e, por sinal, vimos que este procedimento precisa ser melhorado para as próximas etapas, a fim de evitar este congestionamento nas paradas. Sobre o campeonato, viemos aqui para vencer e descontar a diferença para o líder. Foi um resultado frustrante hoje, mas sabemos que, para ir bem no domingo, precisamos ter uma classificação melhor no sábado, o que não conseguimos aqui em Santa Cruz do Sul. Vamos buscar esta reação já para Tarumã”, diz Lube.

A próxima etapa da Stock Car será no dia 2 de novembro.

Os resultados em Santa Cruz do Sul:

Corrida 1:

1 – Thiago Camilo – Ipiranga-RCM – Chevrolet – 27 voltas em 41:59.283
2 – Daniel Serra – Red Bull Racing – Chevrolet – a 0.746
3 – Allam Khodair – Full Time Competições – Chevrolet – a 5.523
4 – Marcos Gomes – Schin Racing Team – Peugeot – a 6.639
5 – Felipe Fraga – Vogel Motorsport – Chevrolet – a 7.257
6 – Felipe Lapenna – Hot Car Competições – Chevrolet – a 9.006
7 – Antonio Pizzonia – Prati-Mico’s Racing – Peugeot – a 9.393
8 – Julio Campos – Prati-Mico’s Racing – Peugeot – a 9.892
9 – Max Wilson – Eurofarma RC – Chevrolet – a 11.902
10 – Rafa Matos – Hot Car Competições – Chevrolet – a 14.178
11 – Lucas Foresti – RC3 Bassani – Peugeot – a 17.506
12 – Alceu Feldmann – Hanier Racing – Peugeot – a 21.334
13 – Ricardo Mauricio – Eurofarma RC – Chevrolet – a 21.795
14 – Gabriel Casagrande – C2 Team – Chevrolet – a 22.453
15 – Cacá Bueno – Red Bull Racing – Chevrolet – a 22.978
16 – Diego Nunes – C2 Team – Chevrolet – a 23.301
17 – Valdeno Brito – Shell Racing – Chevrolet – a 23.461
18 – Rafael Suzuki – ProGP – Chevrolet – a 26.652
19 – Rubens Barrichello – Full Time Competições – Chevrolet – a 32.155
20 – Felipe Tozzo – Boettger Competições – Peugeot – a 30.757
21 – Bia Figueiredo – ProGP – Chevrolet – a 1:19.822
22 – Átila Abreu – Mobil Super Racing – Chevrolet – a 1:27.953
23 – Ricardo Zonta – RZ Motorsport – Chevrolet – a 1 volta
24 – Galid Osman – Ipiranga-RCM – Chevrolet – a 1 volta
25 – Popó Bueno – Shell Racing – Chevrolet – a 5 voltas
26 – Nonô Figueiredo – Mobil Super Racing – Chevrolet – a 7 voltas
27 – Luciano Burti – Vogel Motorsport – Chevrolet – a 10 voltas
28 – Beto Cavaleiro – Hanier Racing – Peugeot – a 12 voltas
29 – Fabio Fogaça – Schin Racing Team – Peugeot – a 17 voltas
30 – Sergio Jimenez – Voxx Racing Team – Peugeot – a 23 voltas
31 – Denis Navarro – Voxx Racing Team – Peugeot – a 24 voltas
32 – Tuka Rocha – RZ Motorsport – Chevrolet – a 24 voltas

Corrida 2:

1 – Rafa Matos – Hot Car Competições – Chevrolet – 13 voltas em 22:44.812
2 – Julio Campos – Prati-Mico’s Racing – Peugeot – a 0.221
3 – Max Wilson – Eurofarma RC – Chevrolet – a 0.959
4 – Antonio Pizzonia – Prati-Mico’s Racing – Peugeot – a 1.471
5 – Felipe Fraga – Vogel Motorsport – Chevrolet – a 3.016
6 – Felipe Lapenna – Hot Car Competições – Chevrolet – a 4.144
7 – Marcos Gomes – Schin Racing Team – Peugeot – a 4.579
8 – Daniel Serra – Red Bull Racing – Chevrolet – a 4.979
9 – Thiago Camilo – Ipiranga-RCM – Chevrolet – a 5.742
10 – Lucas Foresti – RC3 Bassani – Peugeot – a 6.466
11 – Rubens Barrichello – Full Time Competições – Chevrolet – a 8.196
12 – Ricardo Mauricio – Eurofarma RC – Chevrolet – a 9.346
13 – Sergio Jimenez – Voxx Racing Team – Peugeot – a 11.000
14 – Cacá Bueno – Red Bull Racing – Chevrolet – a 11.466
15 – Rafael Suzuki – ProGP – Chevrolet – a 11.476
16 – Ricardo Zonta – RZ Motorsport – Chevrolet – a 12.878
17 – Átila Abreu – Mobil Super Racing – Chevrolet – a 13.004
18 – Bia Figueiredo – ProGP – Chevrolet – a 13.786
19 – Nonô Figueiredo – Mobil Super Racing – Chevrolet – a 13.905
20 – Vitor Genz – Boettger Competições – Peugeot – a 23.612
21 – Beto Cavaleiro – Hanier Racing – Peugeot – a 25.256
22 – Allam Khodair – Full Time Competições – Chevrolet – a 1 volta
23 – Valdeno Brito – Shell Racing – Chevrolet – a 1 volta
24 – Gabriel Casagrande – C2 Team – Chevrolet – a 5 voltas
25 – Felipe Tozzo – Boettger Competições – Peugeot – a 5 voltas
26 – Galid Osman – Ipiranga-RCM – Chevrolet – a 5 voltas
27 – Popó Bueno – Shell Racing – Chevrolet – a 5 voltas
28 – Alceu Feldmann – Hanier Racing – Peugeot – a 12 voltas
29 – Diego Nunes – C2 Team – Chevrolet – a 12 voltas

Campeonato:

1 – Átila Abreu – 145,5
2 – Rubens Barrichello – 145
3 – Thiago Camilo – 136,5
4 – Cacá Bueno – 134
5 – Julio Campos – 124,5
6 – Sergio Jimenez – 123
7 – Max Wilson – 119
8 – Antonio Pizzonia – 117,5
9 – Marcos Gomes 116
10 – Daniel Serra – 115
11 – Ricardo Mauricio – 112,5
12 – Allam Khodair – 109
13 – Valdeno Brito – 102
14 – Felipe Fraga – 84
15 – Galid Osman – 82,5
16 – Felipe Lapenna – 69
17 – Ricardo Zonta e Rafa Matos – 67
19 – Denis Navarro – 60
20 – Diego Nunes – 55
21 – Popó Bueno – 49
22 – Vitor Genz – 39
23 – Luciano Burti e Gabiel Casagrande – 44
25 – Lucas Foresti – 42,5
26 – Tuka Rocha – 38
27 – Alceu Feldmann – 30
28 – Nonô Figueiredo – 22,5
29 – Bia Figueiredo – 14
30 – Rafael Suzuki – 12,5
31 – Felipe Tozzo – 7
32 – Fábio Fogaça – 6

Sobre o Grupo Cimed

Com 37 anos de mercado é uma empresa 100% nacional. Possui mais de 2.000 colaboradores e 23 centros de distribuição, atendendo a 30 mil pontos de venda em todo o Brasil. O portfólio começou com oito produtos e hoje apresenta mais de 700 itens nos segmentos de medicamentos, suplementos alimentares e cosméticos. O grupo investe em tecnologia e inovação e há 10 anos é chancelado pela Anvisa, da qual recebe o selo de Boas Práticas de Fabricação (BPF). As empresas compõem o Grupo são 10: Cimed Indústria de Medicamentos, Neckerman, Nutracom, Tec Color / Nouvelle, redes de salões Comece pela Cor, distribuidoras Predileta, Instituto Cláudia Marques de Pesquisa e Desenvolvimento (ICM P&D), Indústria de embalagens Cláudia Marques, Associação educacional Cláudia Marques e a Voxx Racing Team, escuderia da Stock Car que leva no nome da linha de suplementos alimentares oficiais da categoria, a Voxx suplementos.

Site: grupocimed.com.br/mktesportivo
Instagram: @voxxracingteam

  • Tags:
  • Compartilhamento:

Categorias

Visualizar notícias por: