Notícias

Mesmo de longe por causa da Stock Car, Jimenez acompanha estreia de Baptista

Principal competição de Gran-Turismo do automobilismo mundial, o Blancpain GT Series dá largada para a temporada 2016 neste fim de semana no circuito italiano de Misano. São 40 carros dos sonhos e 80 pilotos confirmados para a primeira jornada. Entre os inscritos está Rodrigo Baptista, 19, o único brasileiro do grid no fim de semana inaugural.

Ele estreia na categoria pilotando o Audi R8 LMS preparado pela equipe belga WRT, a atual campeã da categoria. Nesta etapa, o jovem piloto vai compartilhar o carro #3 com o português Filipe Albuquerque.

A temporada do Blancpain GT Series tem cinco etapas de Sprint –corridas curtas, com duas provas de uma hora de duração– e outras cinco de Endurance –disputadas por três pilotos e com duração de três, seis ou 24 horas. Na prática, são dois campeonatos distintos, disputados com os mesmos carros e equipes. Mas há também um ranking anual, que computa os dez eventos do calendário e apura o campeão geral, tanto entre os pilotos como entre as equipes.

Nas etapas de Sprint acontecem duas corridas de uma hora de duração. A primeira, no sábado, é a “qualifying race”, que determina o grid de largada da prova seguinte e distribui pontos para os seis primeiros. Na “main race”, que fecha a programação aos domingos, os dez primeiros pontuam. Em ambas as provas há uma janela de pit-stops em que é obrigatória a troca dos pilotos.

Nas corridas de Sprint e nas provas de Endurance sem conflito de calendário com a Stock Car, o companheiro de Baptista no Audi #3 será o paulista Sergio Jimenez. Ele disputa o campeonato desde 2013, quando era chamado  “Mundial da FIA de GT”.

A equipe Belgian Audi Club Team WRT é oficial de fábrica e é a atual campeã geral tanto de escuderias como de pilotos, com o holandês Robin Frijns.

Apesar de ser sua primeira corrida com o Audi R8 LMS, Baptista já teve a experiência de acelerar o carro em Misano, em teste de pré-temporada. “É um carro fácil de guiar e fiquei contente com minha adaptação. Estou muito motivado para o início da temporada e tenho planos de longo prazo na categoria e nos GTs”, afirmou o piloto de 19 anos, que no ano passado venceu provas tanto na F3 Brasil quanto na Copa Petrobras de Marcas (o mais jovem vencedor da categoria).

“Estou ansioso por voltar a correr no Blancpain Series e na WRT. Fizemos um teste em Misano, portanto eu e o Rodrigo já sabemos o que esperar”, comentou Filipe Albuquerque. “O Rodrigo é um jovem que estreia nos GTs, mas já mostrou bom andamento. É difícil dizer em que posições vamos andar porque todos os carros são bons. Mas de qualquer maneira quero ganhar corridas neste ano com meus colegas de equipe brasileiros”, acrescentou o português.

Para Jimenez, a torcida será à distância, do Velopark, circuito que recebe a segunda etapa da Stock Car. Mas nem por isso falta empolgação. “Fico triste por não correr logo na primeira etapa de 2016 com equipe nova e parceiro novo. Mas é também por um bom motivo. Treinamos em Misano no começo do ano, quando tivemos o primeiro contato com a equipe. Temos um recorde de 40 carros e 80 pilotos na Sprint com a estreia do Rodrigo e sei que ele está em boas mãos junto com o ‘portuga’, com quem treinamos juntos e nos demos muito bem.”

Os treinos livres começam nesta sexta, inclusive com uma sessão noturna. No sábado acontece a tomada de tempo e a qualifying race tem largada programada para 20h50 no horário local (15h50 em Brasília). No domingo, a main race começa às 9h15 no horário de Brasília.

  • Tags: 1ª etapa, Audi, Audi W-Racing Team, Blancpain GT Series, Blancpain Series, Blancpain Sprint Series, Italy, Misano, WRT,
  • Compartilhamento:

Categorias

Visualizar notícias por: