Notícias

Sprint Series: Bueno/Jimenez faturam o pódio nas duas corridas e garantem 3º lugar na classificação

Um fim de semana com saldo positivo para o BMW Sports Trophy Team Brasil. O time brasileiro, patrocinado pelo Banco do Brasil, sai de Brands Hatch com a conquista de dois pódios, com Cacá Bueno/Sérgio Jimenez, que garantiram o terceiro lugar em ambas as corridas no traçado inglês, válidas pela segunda etapa do Blancpain Sprint Series. A dupla do BMW Z4 #0 deixa a Inglaterra com o terceiro lugar no campeonato, totalizando 33 pontos. A próxima etapa acontece no dia 6 de julho, no tradicional circuito de Zandvoort, na Holanda.

Para a outra dupla do elenco verde e amarelo, uma mistura de alegria e frustração. Valdeno Brito/Matheus Stumpf fizeram excelentes provas. Na Corrida Classificatória, terminaram em quarto e na Corrida Principal tinham tudo para ir ao pódio com o segundo lugar, mas a dupla concluiu a etapa em oitavo, após Valdeno Brito sofrer uma penalização com obrigatoriedade de passagem pelos boxes, devido a irregularidades no pit stop. Mesmo assim, Brito/Stumpf conquistaram os primeiros pontos da temporada, e agora totalizam sete pontos. A dupla Hari Proczyk/Jeroen Bleekemolen, a bordo do modelo Lamborghini FLII, faturou a vitória nas duas corridas deste domingo (18).

A segunda corrida em Brands Hatch foi marcada por emoções, rodadas e disputas por posições. No elenco verde e amarelo, sentimentos adversos tomaram conta do box da equipe patrocinada pelo Banco do Brasil. De um lado, alegrias e comemorações pela conquista de mais um pódio com Bueno/Jimenez, novamente em terceiro lugar, repetindo o feito da Corrida Classificatória e pela vitória dos mecânicos do elenco, que receberam o prêmio de 2 mil euros em cada uma das duas provas do domingo, pelo pit stop mais rápido. Do outro, uma frustração, por ver o segundo lugar, praticamente certo, para Valdeno Brito/ Matheus Stumpf escapar devido a um drive through por irregularidades no pit stop, conforme informou a organização, ainda durante a prova. Mas o balanço geral da etapa é positivo. Com as duas duplas pontuando, os carros com bom desempenho e o time cada vez mais entrosado.

Na segunda bateria do domingo (18), o gaúcho Matheus Stumpf fez boa largada a bordo do BMW Z4 #30. Ele assumiu a terceira posição logo no início da corrida. Na troca de pilotos, a primeira parada do time foi com o equipamento #30. A parada demonstrou sincronia entre Matheus e Valdeno e entre os mecânicos. O paraibano assumiu o BMW Z4 e retornou em segundo com ótima pilotagem. Eles agiram rápido, e tudo parecia perfeito, até que a poucas voltas do fim da corrida, a organização notificou o BMW #30 com uma penalização. Brito precisou cumprir uma passagem pelos boxes e com isso perdeu a chance de garantir seu primeiro pódio na categoria.

Jimenez, no carro #0, sofreu um toque na largada e caiu para quarto e depois para o quinto posto. Mesmo assim soube administrar e manteve um ritmo forte, até a parada para troca de pilotos. Com o toque, a porta do BMW Z4 #0 ficou danificada, e a dupla perdeu alguns segundos no box, mas nada que comprometesse a corrida e o resultado. Tanto que, de quebra, os mecânicos de Bueno/Jimenez ainda garantiram um cheque de 2 mil euros, pelo pit stop mais rápido da prova.

O piloto de Piedade contou como foram as corridas e falou da sensação de finalmente ir ao pódio, de fato. “Fui ‘espremido’ na largada e para não bater, tive que segurar muito. Perdi duas posições ali. Na parada, perdemos tempo porque a maçaneta da porta quebrou e demoramos para abrir a porta. Perdemos uns dois segundos ali, que acredito que seriam suficientes para chegar na Mercedes. Nas voltas finais deu para ver que o carro perdia um pouco de desempenho e o Cacá (Bueno) teve que segurar. Foi meio preocupante. Mas mesmo assim foi muito bom. Três pódios em quatro corridas é um começo animador. Hoje era o dia do pódio. Uma pena o que aconteceu com o carro outro carro do time”, considerou Sérgio Jimenez, que agora pode comemorar o aniversário com dois troféus.

O carioca Cacá Bueno reforçou a competividade do time. “Foram três pódios em quatro corridas. Isso mostra nossa evolução e que comprova que estamos competitivos. Só falta agora a gente largar mais a frente, e poder brigar de fato pela vitória. Nessa última corrida o (Sérgio) Jimenez teve um toque na largada e isso danificou a maçaneta, e no pit stop eu não conseguia abrir a porta. Ele precisava abrir por dentro. E com isso, perdemos um tempinho que fez uma falta para gente. Mesmo assim, quase deu para voltar na frente do Audi na corrida, quando voltei par pista. No final da prova, tinha vibração no rolamento direito, eu ‘meio que desisti’ de brigar para chegar mais à frente, e administrei para levar o carro para mais um pódio”, comemorou Bueno, que deixa Brands Hatch em terceiro lugar na classificação, com 33 pontos.

Chateado, Matheus Stumpf não concordou com a determinação da direção de prova. “Nosso carro se mostrou muito bom e rápido. Consegui fazer uma boa largada e o Valdeno (Brito) estava em um ritmo bastante bom. Íamos para o pódio certamente, garantindo a segunda colocação, se não fosse essa penalização, que a meu ver não existiu. A equipe também não concordou, mas agora já está feito. E o resultado não vai mudar. Agora vamos partir para a próxima etapa”, lamentou o gaúcho que contará com a companhia de Nelsinho Piquet, na terceira etapa, em Zandvoort (Hol).

Valdeno Brito viveu sentimentos diferentes neste domingo, da expectativa de um pódio praticamente certo, para a frustração de uma penalização. “Na verdade estou um pouco frustrado com a segunda colocação que foi tirada de nós, por um erro de um fiscal. Não fizemos nada errado, e nos puniram injustamente. Mas, a equipe está de parabéns, e pelo menos conseguimos mostrar nosso potencial”, disse Valdeno Brito, que neste fim de semana ajudou a equipe brasileira a conquistar sete pontos no campeonato.

Corrida Classificatória: Cacá Bueno e Sérgio Jimenez levam a bandeira brasileira para o pódio
O tão esperado pódio ‘real’ no Blancpain Sprint Series chegou para a equipe brasileira BMW Sports Trophy Team Brasil. A Corrida Classificatória, a primeira deste domingo (18) em Brands Hatch, foi de comemorações para o time verde e amarelo patrocinado pelo Banco do Brasil. A dupla Cacá Bueno/Sérgio Jimenez garantiu um novo pódio com a conquista do terceiro lugar, e desta vez, com festa no pódio. Valdeno Brito/Matheus Stumpf também tiveram um excelente ritmo, e terminaram no quarto lugar.

A vitória ficou com Hari Proczyk/Jeroen Bleekmolen, a bordo da Lamborghini, que sofreu para defender o primeiro lugar, já que Maximilian Buh, que corre com Maximilian Gotz na Mercedes SLS, pressionou fortemente, até o fim, mas cruzou em segundo.

Resultado Corrida Principal em Brands Hatch (top-10):
1 Hari Proczyk/Jeroen Bleekemolen, Grasser Racing Team, Lamborghini FLII, 42 voltas
2 Maximilian Buhk/ Maximilian Götz, HTP Motorsport, Mercedes SLS AMG GT3, a 4.043
3 Sérgio Jimenez/ Cacá Bueno, BMW Sports Trophy Team Brasil, BMW Z4, a 11.760
4 Cesar Ramos/Laurens Vanthoor, Belgian Audi Club Team WRT, Audi R8 LMS Ultra, a 19.365
5 Alex Zanard, iROAL Motorsport, BMW Z4, a 24.579
6 Vincent Abril/Mateusz Lisowski, Belgian Audi Club Team WRT, Audi R8 LMS Ultra, a 25.187
7 Filip Salaquarda/Andrea Montermini, Scuderia Villorba Corse, Ferrari 458 Italia, a 25.747
8 Matheus Stumpf/ Valdeno Brito, BMW Sports Thophy Team Brasil, BMW Z4, a 27.088
9 Enzo Ide/ Rene Rast, Belgian Audi Club Team WRT, Audi R8 LMS Ultra, a 27.829
10 Stefano Colombo/ David Fumanelli, ROAL Motorsport, BMW Z4, a 41.001

Resultado Corrida Classificatória (top-6):
1 Hari Proczyk/ Jeroen Bleekemolen (Grasser Racing Team Lamborghini FLII), 40 voltas
2 Maximilian Buhk/ Maximilian Gotz (HTP Motorsport Mercedes SLS AMG GT3), a 0.488
3 Cacá Bueno / Sérgio Jimenez (BMW Sports Trophy Team Brasil BMW Z4), a 6.477
4 Valdeno Brito/Matheus Stumpf (BMW Sports Trophy Team Brasil BMW Z4), a 7.779
5 Niki Mayer-Melnhof/ Markus Winkelhock (Phoenix Racing Audi R8 LMS Ultra), a 14.889
6 Cesar Ramos/ Laurens Vanthoor (Belgian Audi Club Team WRT Audi R8 LMS Ultra), a 15.890

Classificação do Campeonato – após duas etapas (top-10):
1 Maximilian Buhk/ Maximilian Gotz (HTP Motorsport Mercedes SLS AMG GT3), 51 pontos
2 Hari Proczyk/ Jeroen Bleekemolen (Grasser Racing Team Lamborghini FLII), 42
3 Cacá Bueno / Sérgio Jimenez (BMW Sports Trophy Team Brasil BMW Z4), 33
4 Mateusz Lisowski / Vicent Abril (Belgian Audi Club Team WRT Audi R8 LMS Ultra), 23
5 Cesar Ramos/ Laurens Vanthoor (Belgian Audi Club Team WRT Audi R8 LMS Ultra), 22
6 Gregory Guilvert/ Stephane Ortelli (G-Drive Racing Audi R8 LMS Ultra), 21
7 Sergei Afanasiev/ Stef Dusseldorp (HTP Motorsport Mercedes SLS AMG GT3), 13
8 Alex Zanardi (Roal Motorsport BMW Z4), 10
9 Niki Mayer-Melnhof/ Markus Winkelhock (Phoenix Racing Audi R8 LMS Ultra), 8
10 Enzo Ide/ Rene Rast (Belgian Audi Club Team WRT Audi R8 LMS Ultra), 8
11 Valdeno Brito/Matheus Stumpf (BMW Sports Trophy Team Brasil BMW Z4), 7

  • Tags:
  • Compartilhamento:

Categorias

Visualizar notícias por: